VIDA DE RIO

Paulo Zifum
 
As curvas me atrasam
As curvas me empossam
E reclamo com Deus
Por esses contornos meus
E pelos defeitos seus
 
As curvas do amor
As curvas de dor
E reclamo com Deus
Que tire os contornos meus
E me livre de parar nos seus
 
As curvas envergonham
As curvas revelam
E nelas me mostra Deus
Sujeira de pecados meus
E o valor dos conselhos seus
 
As curvas me limpam
As curvas me salvam
E agradeço a Deus
Que trata os defeitos meus
Usando os contornos seus
 
Sigo melhor
Grato em cada curva
Deus é bom pra mim
Anúncios

Um comentário sobre “VIDA DE RIO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s