SÓ O NECESSÁRIO

Paulo Zifum

          Abraão recebeu uma proposta de parceria com Deus: sair para uma aventura de recomeçar a vida com 75 anos. Onde? Deus não disse. Abraão foi apenas com o necessário: a benção divina. Foi, sem saber para onde estava indo (Hb.11.8). Depois que teve seu tão sonhado filho  Isaque, Deus ordena que sacrifique o menino. Foi, sem informações e razões. Abraão trabalhava só com o necessário. Sua relação com Deus era do tipo: “primeiro obedecer, depois entender”. Ele demonstrava uma simplicidade que contrastava com sua coragem.

          O ser humano foi criado por Deus e recebeu uma maravilhosa proposta de parceria: gerenciar a Terra e multiplicar a imagem de Deus de modo que o governo fosse distribuído entre os descendentes. A orientação divina era bem simples. Mas, apareceu Satanás e trouxe o extraordinário (Gn.3). E se Adão e Eva foram atraídos pelo espetacular, todos nós, depois deles, já nascemos com a mania de inventar coisa desnecessária para cuidar da vida, do quintal, da casa, dos filhos, do lazer, dos sonhos e por fim , da relação com Deus. Para cada área da vida o ser humano arruma uma “modinha” pra deixar as coisas mais sofisticadas. Provamos isso na incontestável tecnologia que facilita as operações do dia-dia. Ela simplifica a vida e faz sobrar mais tempo para governar e fazer o bem. Porém, os filhos de Eva continuam no “chat da Serpente”, em busca de novidades e adquirindo o extraordinário numa fome insana para poder “sem fronteiras” ir “na frente, sempre”…  …e depois ficarem enrolados pra sempre.

         Tudo que precisamos são orientações simples de Deus para viver bem. Se você acha que sua vida está rodando pesada e não consegue recomeçar de um modo mais simples, aqui vai uns conselhos:

 1-Saia do “Chat do Racker” de Genesis 3     2-Responda para Deus sem culpar ninguém: Mea culpa (locução encontrada no ato de confissão e se aplica nos casos em que a pessoa reconhece os próprios erros)     3.Leia a Bíblia com a ajuda de cristãos que a estudam à procura de Jesus Cristo (ele é o único caminho para a nova vida, a originalmente simples)          4-treine seu coração a obedecer pequenas instruções de leis de trânsito, recomendações domésticas, médicas, paternais, pastorais. 5-coma um pãozinho e doce um pouquinho  6-compre só o que um judeu ou turco compraria.          7-dê tempo só para as pessoas que Deus colocou em sua vida (e isso cada um deve discernir com a ajuda de Deus).   

          Precisamos voltar ao necessário. Ninguém no leito de morte vai gemer porque não comprou aquele carro ou perfume caro. Ninguém vai lamentar porque não ganhou mais grana. Ali, moribunda, forçosamente  a humanidade percebe suas extravagâncias. E, antes que seja tarde, vamos agarrar o necessário. Quem sabe, Deus não nos escale para começar algo totalmente novo?!

*Ouça “O extraordinário é demais” com Baloo, o urso de Mogli (https://www.youtube.com/watch?v=S4J70C36RGU). Os conselhos de vagabundos não são confiáveis, mas são como relógio parado, estão certos pelo menos duas vezes. 

Veja também a Serpente hipnotizando Mogli (https://www.youtube.com/watch?v=_YUY87lK_t0). É muito difícil escapar da vaidade dessa vida e viver de modo simples, mas há escape para quem anda com outros cristãos. 

Anúncios

4 comentários sobre “SÓ O NECESSÁRIO

  1. Necessário, somente o necessário o extraordinário é demais … por isso, que esta vida eu vivo em paz.
    Conheço essa música desde criança, mas insisto em levar algo no bolso, preciso desapegar, e me apegar a Deus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s