VOLTO AO PRIMEIRO AMOR

Paulo Teólogo

Paulo Zifum

Meu primeiro amor? Quando eu saía das obrigações com pressa, correndo para conversar com o Senhor. Sentia-me feliz ao segurar a Bíblia e saía em busca de um lugar seguro, onde ninguém concorreria comigo. Eu tinha atenção com meu Senhor. Ele ganhava todas as disputas do meu coração juvenil. Quando eu me encontrava sozinho passava minutos em silencio admirando meus sentimentos por Ele, depois cantava algo adequado ao momento, depois falava com calma, sem pressa e finalmente lia a Bíblia com encanto. Chorava muitas vezes com as revelações da beleza do Senhor. Eu estava amando. Eu interagia menos com o mundo exterior e seus valores. Falava pouco. Se a boca fala do que o coração está cheio, quando não podia falar de Jesus, ficava calado. O mundo criado, as florestas e bichos, os rios, o céu e seus astros, o mar e peixes, tudo me causava comoção. Era de fato uma vida emocionada. Quando conheci Jesus, o tempo passou a ser uma dádiva para estar com ele. Ele era minha prioridade. Sei que Ele está lendo essas palavras agora. Escrevo para Ele. Não acho mais o caminho dentro em mim. Dividido em mil pedaços em busca de identidade e outras felicidades. Perdi meu primeiro amor. Mas, ainda bem que não perdi a memória. Tragédia que ocorre com alguns como Esaú e Saul. Eu quero voltar. Quero ser como Davi que não perdia essa consciência e dizia: “Como a corça anseia por águas correntes, a minha alma anseia por ti, ó Deus. A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo. Quando poderei entrar para apresentar-me a Deus? Minhas lágrimas têm sido o meu alimento de dia e de noite, pois me perguntam o tempo todo: “Onde está o seu Deus? ” Quando me lembro destas coisas choro angustiado. Pois eu costumava ir com a multidão, conduzindo a procissão à casa de Deus, com cantos de alegria e de ação de graças entre a multidão que festejava.” Sl.42.1-4.

Senhor! Estou a caminho! Caminho duro do coração desviado. Mas, não deixarei os vestígios desse amor perder-se. Serei novamente, teu filho apegado.

Anúncios

3 comentários sobre “VOLTO AO PRIMEIRO AMOR

  1. Nossa, que delícia cada palavra aqui escrita. As vezes me pego com uma imensa saudade… Saudade da filha que cresceu e, em meio a tantos afazeres acaba esquecendo de se permitir ficar quietinha, apenas sendo acariciada pelo Pai.
    Ah que saudade! !!

  2. “E para quem é novo na fé o medo de que esse amor se esfrie é imenso.
    Que esse primeiro amor esteja vivo todos os dias, porque é dele que eu quero viver!!!!!”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s