PASTORES SE SEPARAM DO PASTOR

417381_93711

Paulo Zifum

A separação de Ló e Abraão (Gn.13) pode servir de parábola para muitos pastores de nossos dias. Homens que prosperaram em seus ministérios, um pouco, de modo proporcional a seus começos. Depois de um tempo surge conflito entre o modo bíblico de pastorear e modo “arrojado” de administrar a igreja. Alguns líderes nem percebem que os problemas não estão radicados nas tarefas (funcionárias), mas sim na definição de quem é o guia da caravana e qual o destino dela. Quando um pastor fica forte, sabe pregar e tem certa autoridade de homem, corre o risco de ouvir o Senhor Jesus dizer: “Sou seu irmão mais velho, não devemos continuar com conflitos de orientação. Escolha a direção e eu levarei minha igreja para a outra”. Mas o Senhor diz: “Você já está abastado e já chegou a reinar sem mim”. Seria isso possível?

Como Ló conseguiu interpretar a fala de Abraão como uma oferta favorável? Como pastores podem achar que a autonomia que lhes está sendo dada seja liberdade para pregar o que acham ser “funcional”? Não seria a bondade de Abraão algo para se desconfiar?

O pastor pode estar “armando suas tendas” para um lugar de onde nunca mais voltará como fez o Clero Romano na Idade Média. É bastante revelador: Muitos deixaram tradições, o estudo e interpretação histórico-literal, para seguirem modas. Por causa de conflitos e demandas institucionais, deixaram Abraão. E Abraão é nobre como o pai do filho pródigo: “e repartiu-lhe os haveres” sem fazer nenhuma resistência.

Quem é suficiente para essas coisas?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s