EFEITO PENEIRA

Paulo Zifum

“Mas ponham à prova todas as coisas e fiquem com o que é bom” 1 Ts. 5:21 (NVI)

A tarefa de peneirar algo é muito objetiva. Você escolhe o foco e vai. A ideia é achar e ficar com o melhor. Selecionamos as horas, as coisas, as pessoas, os sentimentos e sonhos. Nosso olhar fica focado naquilo que absolutizamos e atribuímos valor. Somos atraídos pelo que nos motiva. A vida exige de nós esse garimpo todos os dias e cada um tem sua própria escala de “ouro, prata e bronze”, com uma busca que trará os seus efeitos.

Efeito Filho Pródigo

Jesus contou uma série de histórias sobre perder, procurar e achar. Uma delas é parábola do filho pródigo. O Efeito Filho Pródigo (Lc.15) nos mostra que o valor que o pai procurava era sempre seu filho. Ele não preocupa-se com os bens materiais, como alguns pais que absolutizam tanto a herança que se esquecem do herdeiro. Aquele pai adiantou a herança de modo liberal e deixou que seu filho fosse (o mesmo padrão do que foi feito no Éden). Depois, esse pai o recebeu de volta porque seu filho era seu tesouro. Muitos pais peneiram os filhos de modo materialista e legalista, tanto, que por fim não ficam com nada. A afeição que lhes resta pela ligação biológica desvanece. Vemos também na parábola que o filho peneirou e concluiu que seu “ouro” era ficar livre e tocar seu “sonho lindo”. O filho mais velho que ficou também revela seus valores. A paixão da juventude brilha e promete, mas não vale um tostão no meio da vida adulta. Felizes os jovens que escolhem a honra em vez de sumirem no mundo ou ficarem em casa emburrados.

Efeito Marta

Jesus foi “peneirado”. Ele recebeu tratamentos muito diversos e, em alguns casos foi jogado como palha, dispensado. Talvez porque ele fazia questão de ser uma pessoa comum e o grupo que escolheu para acompanhá-lo era quase seu disfarce.  Mas, algumas pessoas viam Jesus além da aparência. E era admirável como conseguiam capturar o “ouro” em meio a tantas “pedras”. As Marias em geral eram capazes de notar. Eram mulheres “fora da curva”. Elas percebiam que estavam diante da grande oportunidade da vida: Jesus, Deus Emanuel. Elas faziam suas “reservas devocionais”. Mas, Marta não apenas escolheu errado o objeto, mas ainda quis tirar Maria de seu foco (Lc.10.38-42 -clássico incidente de garimpo). Pessoas se gabam que leram tantos livros de romance e viram tantos filmes de Hollywood, mas são ignorantes e rudes quanto à Bíblia. Passar horas com Jesus é uma escolha de quem procura tesouros escondidos. Porém, o Efeito Marta não diz só a respeito de Jesus, mas fala sobre as pessoas e nossa relação com elas, fala sobre um mundo de atividades onde se posta fotos das pessoas mas pouco se conversa olhando nos olhos. Mário Quintana disse: “não gosto de festa porque perco as pessoas de vista”.

Efeito Acã

Precisamos jogar algumas coisas fora. É um garimpo invertido e, às vezes divertido.  Guardar coisas que consomem energia e tomam espaço pode empobrecer. Manter relacionamentos onde ninguém cresce é uma escolha suspeita (as relações Abraão e Ló, Samuel e Saul, Davi e Joabe,  mostram que não podemos descartar pessoas, mas manter o status é bem diferente). Falso ouro exige cuidado e quando cuidamos  de coisas das quais não precisamos, acionamos a matemática e a física: se não soma, subtrai, se ocupa espaço exige exclusividade. A história de Acã é um drama de quem guarda o que não precisa (Js.7). Ele não havia entendido o plano divino da provisão. Ele, provavelmente, faltou na aula da Lição do Maná (Nm.11): Guarde só o que você precisa, para não criar bicho!  É um desafio para nós peneirar assim, examinar as coisas e  ficar só com o que bom. Por que gastamos nossa vida com bugigangas?

“Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas. (Fp.4.8)
A estranha mania de procurar o que não presta e gastar tempo com coisas inúteis tem um resultado incrível: a gente acha as coisas e torra um tempo danado. Deus nos ajude a não reter aquilo que ele rejeitou. Deus nos ajude a escolher o descanso na hora certa e o trabalho dentro de seus limites, sem perder as pessoas de vista e, acima de tudo, não “deixar Jesus ir embora” como disse o belo hino Jesu bleibet meine freude de Bach, pois “não é tolo aquele abre mão do que não pode reter para ganhar aquilo que não pode perder” (Jim Elliot).

Anúncios

Um comentário sobre “EFEITO PENEIRA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s