ÉDIPO PARA CRENTES

Paulo Zifum

Édipo é um personagem da mitologia grega. Eis um resumo da tragédia:

Laio, casado com Jocasta, foi alertado pelo Oráculo de Delfos que uma maldição iria se concretizar: seu próprio filho o mataria e que este filho se casaria com a própria mãe. Por tal motivo, ao nascer Édipo, Laio abandonou-o para tentar matá-lo, porém, o menino foi recolhido por um pastor. Depois, Édipo foi adotado pelo rei de Corinto e voltou a Delfos. Ao consultar o Oráculo recebe a mesma previsão dada a Laio, que mataria seu pai e desposaria sua mãe. Achando se tratar de seus pais adotivos, foge de Corinto. No caminho, Édipo encontra um homem que o manda sair de sua frente. Eles travam uma luta e Édipo o mata sem saber que era seu pai.  Conhece uma mulher e se casa com ela sem saber que era sua mãe biológica. Quando consulta novamente o Oráculo, por ocasião de uma peste, Jocasta e Édipo descobrem que são mãe e filho, ela comete suicídio e ele fura os próprios olhos por ter estado cego e não ter reconhecido a própria mãe.

Podemos ilustrar verdades com esse mito da seguinte forma:

Satanás é um Oráculo que semeia no coração humano um ressentimento injusto para com Deus. O ser humano, é um Édipo que depois da queda no Éden, tem um comportamento errante, tem dúvida de sua identidade, não sabe sua origem. E quantas coisas comete em sua ignorância? E Deus não leva em conta esse tempo.

O ser humano mostra nas guerras (no lar, no trabalho, na política) sua obstinação para com todos que se colocam em sua frente. Mas quando Édipo mata, ele sabe o que está fazendo? Jesus pede perdão por ele .

Mas Édipo segue sem redenção, confuso de sua identidade. E de tantas opções, escolhe sempre o que é proibido, atraído pelo pecado como numa maldição. E, por fim, na história humana, filhos e pais carregam a culpa de toda a rejeição, revolta e ignorância. O desespero tem tomado conta de muitas famílias. Pais não conversam com seus filhos. Filhos ficam expostos no mundo porque seus pais são mais infantis e inseguros que eles. E quantas mães assistem seus filhos viverem de modo vil, envolvidos com  corrupção e drogas? Por fim, morrem no desgosto.

E Édipo, cheio de remorso e ressentimento para com Deus, cego espiritualmente, desce melancólico, cantando belas cantigas sensuais, até o penhasco de sua vida sem sentido.

Graças a Jesus que nos “livrou do corpo dessa morte” (Rm.7). Graças a Jesus que “levou sobre si nossas maldições” (Is.53). Hoje, Édipos que andavam errantes, vivendo na linha do desespero, encontram sua identidade como filhos de Deus. E Satanás não mais os confunde. Édipos que voltam para casa, perdoam o pai, restauram o curso da vida. Consagram mente e corpo para Deus, casam e criam seus filhos na Igreja, dando-lhes a segurança que o temor do Senhor oferece.  O oráculo de Deus em Cristo mudou nossa história. Felizes os que creem em tão grande salvação!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s