AFUNDADO NO PECADO

12 anos escravidãoPaulo Zifum

Quando o Rei Davi disse que foi tirado de um “um poço de perdição, de um atoleiro de lama” (Salmo 40) talvez estivesse lembrando os lugares onde o pecado o levou. Quando esse poeta fala de estar preso em “cordas do inferno” e “poderes da morte” (Salmo 116) provavelmente estava fazendo referência aos pecados que uma vez consumados tornam-se escadas para sepultura. Conhecemos um pouco da história desse músico de sucesso que não se meteu com drogas, mas envolveu-se com abuso de sexo e poder.

Quantas pessoas estão hoje afundadas no pecado?  E o pecado, quando gostoso, é como areia movediça que vai tragando seu consumidor. Pois, é! Quem não experimentou o desespero de estar afundado no pecado jamais entenderá o jeito rasgado de Davi fazer Salmos. Só quem já percebeu que está afundado na internet, na comida, na bebida, na vaidade, na mentira, no rancor, na preguiça disfarçada, na vida de aparência, na ganância ou no sexo, é que pode entender a frase “miserável homem que sou, quem  me livrará da morte deste corpo?” (Rm.7.24).

Quando Davi gritou por socorro (Sl.40.1) ele sabia que se ficasse afundado mais um pouco nunca mais retornaria à dignidade. Alguns vícios são fáceis de largar, mas há aqueles que são impossíveis de escapar. Só um resgate salvará a alma dominada. Um religioso que defende com a vida a opinião de seu oráculo, embora tudo indique um embuste, é um cativo. Um homem que se submete a um trabalho que agride sua consciência, mas continua porque é covarde, é um cativo. Uma pessoa que reclama de tudo é cativa do “mundo ideal de Alice”. Viciados em estética, afundados no pecado de buscar o prazer como Hitler, tornam-se adoradores da arte e amantes de si mesmos. Se Deus não estender a mão e tirar, não saem não.

Os cristãos devem imaginar que se Deus não colocasse um basta e não puxasse seus filhos do desejo que fazer pecado, todos estariam atolados na culpa ou deformados. E se temos hoje um pouco de dignidade, equilíbrio e espiritualidade, é porque Ele nos livrou dos poderes movediços do pecado.

*a imagem acima é do filme “12 Anos de Escravidão“. Se você tiver idade e estrutura emocional, assista e confira Romanos 7. A condição pós Adão é exatamente como descrito no filme.

 

Anúncios

Um comentário sobre “AFUNDADO NO PECADO

  1. Que gostoso é poder desfrutar de um alimento tão delicioso!!! A Palavra de Deus no despedaça, nos constrange, nos tira do lugar comum!!!! Que o Senhor possa continuar usando sua mente como um instrumento de mudança em minha vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s