PERDIDOS NO CAMINHO DE EMÁUS

EMAÚS

Paulo Zifum

A reportagem exclusiva do incidente no Caminho de Emaús não poderia ficar de fora do Evangelho (Lc.24.13-35). Como um álbum de fotos, o Evangelho mostra retratos onde podemos nos identificar.

Dois discípulos estavam abatidos porque Jesus estava morto. Para eles ainda estava, embora já haviam recebido a notícia incrível da ressurreição do Senhor. Porém, eles não conseguiam acreditar.  Caminhando para Emaús, os dois são surpreendidos por Jesus. mas o texto diz que “os olhos deles foram impedidos de reconhecer o Senhor”.

Jesus aparece exclusivamente para eles, mas não se revela para eles. Esse é um fenômeno, um mistério que nos envolve. Somos capazes de ver, sem reconhecer. Podemos estar diante da glória sem admirá-la. Essa era uma das desconcertantes experiencias que os homens tiveram com Jesus. Quantos desde seu nascimento estiveram com ele? Quantos  fizeram suas encomendas na carpintaria sem a chance de saber que estavam levando para casa móveis feitos pelo Criador do Universo. Conversaram com o próprio Deus sem saber diante de quem estavam. A mulher Samaritana não sabia, Pilatos também não. Filipe pediu ajuda a Jesus dizendo que queria chegar mais perto de Deus. Eles estavam impedidos de ver.

Com toda naturalidade, Jesus conversa com aqueles dois discípulos e pede, de modo sincero, que expliquem os últimos acontecimentos. Era necessário que dessem a interpretação deles, porque faz parte do aprendizado. E a narrativa do Evangelho de Lucas não consegue esconder a atmosfera cômica, pois falavam sobre Jesus para o próprio.

A interpretação de uma pessoa sobre os fatos, sobre a vida, sobre os personagens pode revelar o quanto ela está perdida. Experimente perguntar na rua o que acham sobre a guerra ou sobre um fato político e você ouvirá pessoas realmente impedidas de reconhecer a realidade .

Aqueles dois discípulos estavam vendo o mundo de modo natural, onde os ricos, os mais fortes e os políticos influentes determinam o fluxo da história. Eles não usaram nenhum texto das Escrituras para explicar os fatos.  Estavam presos numa cosmovisão onde Deus não controla a história. Estavam frustrados e, se recusavam acreditar no testemunho de outros que diziam que Jesus havia ressuscitado. Estavam racionalistas.

O Caminho de Emaús fala muito sobre o modo como cristãos, ainda hoje, interpretam a vida. É possível acreditar no Sermão do Monte, mas na hora de explicar as coisas, somos tentados a usar “outra matemática”.

Jesus, “começando por Moisés e todos os profetas, explicou-lhes o que constava a respeito dele em todas as Escrituras.”(Lc.24.27). E nisso residia toda a diferença! Explicar a vida segundo as Escrituras. Não usar a Bíblia para interpretar a história é, talvez, a razão pela qual milhares de cristãos se encontram frustrados e perdidos no caminho.

Enquanto os dois discípulos “explicavam” para Jesus quem era Jesus, o coração do mestre ria. Quando Jesus começou a expôr as Escrituras, o coração deles ardia (Lc.24.32).

Nossos olhos estarão sempre impedidos de reconhecer o Senhor e de discernir a vida, se nossa referência não for as Escrituras. Estaremos no Caminho de Emaús, perdidos, com o Senhor ao lado, tentando explicar para ele porquê as coisas não funcionam.

Ainda, bem que o Espírito Santo nos foi enviado como “divino companheiro do caminho”. Ele nos ajudará a voltarmos para a Bíblia, sempre.

 

Anúncios

2 comentários sobre “PERDIDOS NO CAMINHO DE EMÁUS

  1. Maravilhoso apontamento. Perfeito do ponto de vista Cristão. Sábio aos olhos do Criador. Por outro lado, estamos diante de uma tarefa extremamente árdua, pois, naturalmente, insistimos em ver os fatos apenas com o olhar humano. Sentimos a presença de Deus em diversas situações, mas permanecemos com os olhos fechados. Raros são os momentos em que buscamos conhecimento na Palava do Senhor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s