O ESTOPIM DE MIM

Imagem relacionada

Paulo Zifum

Davi foi um homem que sofreu diversas humilhações. Desde jovenzinho, era preterido e desprezado. Foi excluído de um banquete familiar com o presença do profeta-regente Samuel (1m.16). Depois foi hostilizado por seus irmãos de modo injusto (1Sm.17-26-29). Depois foi perseguido por Saul (1Sm.18-19) e viveu dias de muita angústia culminados na Caverna de Adulão (1Sm.22). Em todas essas situações de esmagamento e opressão extrema, Davi comportou-se com temperança e com nobreza incomum (1Sm.24).

Mas, uma situação, uma pequena decepção, uma pequena ofensa, fez nosso herói “sair da linha”. Um homem tão prudente, foi pego de surpresa no incidente com Nabal.

Nabal era um fazendeiro rico cuja propriedade ficava em Maon (1Sm.25). Davi era um fugitivo caçado pelo rei que, tinha formado um exercito furioso de homens sem rumo. Passando pelas terras de Nabal, Davi pede gentilmente uma ajuda típica à militares em campanha.

Mas Nabal, não via Davi com bons olhos e o achava um fora da lei, culpado de rebelião. Para não se envolver e colocar-se contra o rei Saul, convenientemente nega dar assistência para Davi e seus homens. E isso parece razoável, porque Saul mandara matar os sacerdotes de Nobe por darem ajuda para Davi (1Sm.22) e, se Nabal sabia do ocorrido, estava sendo prudente.

O desprezo de Nabal atingiu Davi em cheio. A malignidade pode se infiltrar até no coração mais cândido. Davi era um herói de guerra condecorado e que havia feito muito pelo país. Todos sabiam, mas Nabal reduz toda a fama de Davi à suspeição de que “são muitos os servos fugindo de seus senhores”.

O que os homens que estavam com Davi diriam, caso não fizesse nada? Como ele poderia liderar um bando faminto? Deixaria aqueles homens voltarem a cometer os crimes dos quais buscava redimi-los? Deveriam saquear os lugares por onde passavam? Imaginamos o que se passou na cabeça de Davi.

Seus olhos ficaram negros e foi tomado por um sentimento muito ruim e perigoso.

– Davi ordenou a seus homens: “Ponham suas espadas na cintura! ” Assim eles fizeram e também Davi. Cerca de quatrocentos homens acompanharam Davi, enquanto duzentos permaneceram com a bagagem (1Sm.25.13). Davi ordena: “nem um só do sexo masculino pertencente a Nabal seja deixado vivo ao romper do dia” (1Sm.25.34).

A desgraça estava feita!

É assim o estopim! E parece que tudo tem um pavio ligado à carga explosiva.

Se você analisar a situação, Davi não devia agir de modo extremado. Ele iria matar muita gente inocente. A ira não produz a justiça divina (Tg.1.20). Por isso a Bíblia diz “Não te indignes; deixa a zanga. Se te irritares, será só para teu prejuízo” (Sl.37.6).

Todos temos um contexto que explica nossa repentina ira. Assim como Davi, nós somamos situações que vão nos desgastando. Corremos o perigo de pegar “nossos 400 homens nada bondosos” e sair com palavras feito espadas e “matar” pessoas inocentes. A ira nos deixa cegos. Uma faísca acende o pavio que, nem sempre, dá para apagar.

Leia a história completa e confira o desfecho desse estopim. Ali, há muito alerta pra você e pra mim.

https://www.bibliaonline.com.br/nvi/1sm/25

*o Gif acima é uma animação do filme 300 quando o estopim é aceso

Anúncios

2 comentários sobre “O ESTOPIM DE MIM

  1. Boa reflexão… belo texto… nao tenha pressa para publicar… corrija, depure…

    Com que autoridade falo? com a autoridade daquele que ja publicou muita coisa com erros :/

    Obs.: o uso de um termo indevido como “somatizamos” compromete o autor diante do leitor mais atento…

    corrija aqui tambem: Saul mandara matar os sacerdote Nobe por darem ajuda para Davi

    Quando tiver duvida sobre uso de virgula deixe sem…

    Vou usar esse texto pra pregar qq dia desses.

    Luiz Leite

    (31) 98389 3483

    [1476372335470_book5.jpg]

    ________________________________

  2. Texto apropriado para dias hodiernos. Compete ainda salientar que a Sutileza é uma dádiva conferida a homens prudentes e sábios. Pensemos nisso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s