ENTENDES O QUE LÊS?

Se eu encontro em mim um desejo que nenhuma experiência desse mundo possa satisfazer, a explicação mais provável é que eu fui feito para um outro mundo...Se nen... Frase de C. S. Lewis.

Paulo Zifum

Vê, posto que tarde, que às vezes poucos, acertar conseguem, enquanto muitos mil, no erro se engolfam”  Paraíso Perdido VI, 148  John Milton (poema épico originalmente publicado em 1667).

Você consegue entender o texto acima? Uma coisa é entender o significado das palavras, outra é ir o mais alto possível na aplicação delas.

A poesia é sempre um desafio para os literariamente iletrados e a maioria evita esforços com leitura por não ver grandes recompensas. Mas, os mais curiosos “brigam” com textos como quem vê ouro na quina de uma pedra.

É verdade que, como disse Adélia Prado, às vezes “olho pedra, e vejo pedra mesmo”, e se descobre que não há ouro em montes de livros. Mas, quando você encontra uma pepita, a aperta no peito e se gaba para sempre. É o garimpo de quem sonha com riquezas que vão além das coisas.

Havia um Eunuco etíope que ia em sua carruagem lendo o capítulo 53 do Profeta Isaías, e alguém lhe pergunta: “Entendes o que lês?”. Ele então, compartilha sua luta com o texto, demonstrando seu esforço (At.9). Esse leitor foi altamente recompensado.

Mas, voltando ao texto de John Milton, vamos reler:

POSTO QUE

Se você puder, risque sobre esse mármore!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s