VOCÊ NÃO É O QUE É

Related image

Paulo Zifum

“Por exemplo, o homem na condição presente consiste em corpo e alma, é corpo e alma, não corpo ou alma separadamente e, portanto, não é o que é. Aquele, porém, que não é composto disto e daquilo, mas é simplesmente isto, esse verdadeiramente é o que é, e é belíssímo e poderosíssimo porque em nada se assenta.”   Boécio (480-525 d. C.)

Boécio, ao afirmar a natureza una de Deus, usa a natureza humana como referência do ser. Ao fazer isso, aponta para uma verdade que incomoda os que pensam no homem como criatura autônoma.

Quando olhamos nosso corpo diante de um espelho, o que vemos? Um corpo apenas? Quem não desconfia de si? Nós que nos assentamos em tantas coisas para viver e somos dependentes desde o nascer. Sim. Você não é o que é. Você é uma criatura cuja forma depende da matéria.

Esse pensamento não é atraente para quem não crê, posto que humilha, mas, os que creem em Deus, deleitam-se, pois tudo está seguro porque Ele é o que é. Como disse Boécio: “belíssimo e poderosíssimo”!

Anúncios

Um comentário sobre “VOCÊ NÃO É O QUE É

  1. Não somos apenas matéria. Somos alma e corpo. Os objetos que temos representam, em sua essência, apenas um segmento da natureza. Se temos sandálias, elas trarão conforto e proteção para os nossos pés. Se nos alimentamos, é porque entendemos a necessidade cotidiana de repor os suprimentos consumidos pelo nosso próprio corpo. Se temos vestimentas é porque buscamos conforto e proteção para a fragilidade da matéria. Por outra lado, o que vemos quando nos deparamos com o espelho? Vemos apenas matéria? Enxergamos apenas corpo? Estamos diante de uma única porção da natureza? É óbvio que não. Quando vemos o nosso reflexo, enxergamos além da matéria. Vislumbramos algo além da imagem. Entendemos que não se trata somente do simples desenho de uma silhueta. Neste momento, quando olhamos para nós mesmos, nos deparamos com a essência do Criador. Descobrimos, a partir daí, que não representamos um segmento apenas deste mundo, pois somos o âmago de tudo. As cortinas caem, os olhos se abrem e vislumbramos a nosso capacidade de para mudar os rumos da história. Combatemos as trevas com a luz, a tristeza com a alegria, o sofrimento com o alívio, a tolice com ensinamentos. Enfim, combatemos a fome com o pão da vida. De fato, “você não é o que é”, você é imagem e semelhança de Deus. Aceite isso e sinta a beleza e a força do nosso Senhor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s