CIÊNCIA ESPECULATIVA

Resultado de imagem para verdade

Paulo Zifum

corresponde a uma divisão entre o que é matéria das ciências práticas (as coisas que podem ser feitas por nossa obra) e o que é matéria das ciências especulativas (coisas que não são feitas por nossa obra).”  Tomás de Aquino – Comentário ao Tratado Sobre a Trindade de Boécio -pg.101

O conhecimento obtido sem ver ou tocar objetos, pela abstração, é especulativo. Tomamos ciência de que o fogo queima pela observação da materialidade, porém a consideração de que o fogo possa ser útil de diversas formas é uma ciência especulativa.

Tomás de Aquino diz que a matemática não precisa da matéria sensível para afirmar-se como ciência, embora analise os objetos que existem. Especula com cálculos e se estabelece sem ver ou tocar.

Nesse caso, o conhecimento matemático pode levar ao prático, havendo recursos. O fogo pode ser manipulado para provar o que dele se especulou na teoria, posto que esse conhecimento está no campo da matéria e forma. O saber teórico pode migrar para o prático.

Agora, no campo da metafísica, poderia ser assim? Ela considera as coisas independentemente de todas as suas condições materiais, ou seja, é um conhecimento totalmente separado da matéria e forma.

A oração, por exemplo, é um conhecimento que o cristão julga ter. Ao ser indagado sobre a validade desse saber, um cristão poderia dizer que experimentou diversas vezes o resultado dessa ciência, afirmando migrar do teórico para o prático. Alguns podem duvidar de que haja uma realidade por trás da oração, visto não que funciona com todos. Porém, para os cristãos, é tão certo como o fogo*.

A Bíblia oferece um conhecimento especulativo, que segundo o filósofo cristão Tomás de Aquino, conduz à verdade por tratar das verdades últimas, “das coisas não feitas por nossa obra”. Especulações podem ser falsas e nunca levar à verdade, porém, a Bíblia oferece uma ciência que traz conforto para os que buscam a verdade, porque o conhecimento e Deus é base para se conhecer de fato todas as coisas.

*Oração sob suspeita: a ciência sempre sofre com a fraude da manipulação e alguns acusam os cristãos de manipular a teoria religiosa quando a oração não funciona. Os não acham que ao receberem um “não” divino o princípio da oração tenha falhado, mas para os opositores é escapismo dizer que o “não”, em si, é uma reposta certa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s