SUA PEQUENA JERUSALÉM

Resultado de imagem para JERUSALEM DE OURO

Paulo Zifum

O Senhor edifica a Jerusalém, congrega os dispersos de Israel. Sara os quebrantados de coração, e lhes ata as suas feridas.  Salmo 147.2-3

A Igreja local é uma Jerusalém particular onde Deus nos congrega. Nós “andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo caminho” (Is.53.6), ma Ele providenciou uma comunidade que nos acolhesse.

Muitos confirmam que, desde que passaram pelas portas dessa “pequena jerusalém”, tiveram seus corações sarados e suas feridas tratadas. A Igreja é uma comunidade terapêutica, é um lugar de restauração da dignidade perdida pelo pecado.

Segundo o Salmo 147, a Igreja não é um lugar que o homem organiza e sustenta. Jerusalém é mantida pelo Senhor que “fortalece os ferrolhos de suas portas; abençoa seus filhos dentro dela”.

E como o Senhor faz tudo isso? Por meio de sua Palavra:

“Envia o seu mandamento à terra; a sua palavra corre velozmente. Mostra a sua palavra a Jacó, os seus estatutos e os seus juízos a Israel.”

Deus sustenta a Igreja por meio da Bíblia. É através da Escritura que os corações são sarados, que os dispersos se voltam, que a instituição permanece forte e a benção é garantida. Tudo isso por meio da Palavra pregada e praticada na comunidade da fé.

Cada “pequena jerusalém” espalhada nesse mundo, tenha ela templo ou não, é um lugar especial onde Deus reúne seu povo. Ele é quem congrega, ordena os corações e direciona os passos. Ele é quem “mostra a sua palavra” e organiza a Igreja na sã doutrina.

Há “invasões” na “jerusalém local”? Sim. A Igreja pode tolerar heresias em seu meio, pode deixar sua pureza doutrinária, como ocorreu com Éfeso que aceitou “Jezabel, aquela mulher que se diz profetisa, porém, com seus ensinos induz os meus servos à imoralidade sexual e a comerem alimentos sacrificados aos ídolos” (Ap.2.20). Algumas Igrejas sofrem com a má gestão de pastores que “apascentam a si mesmos” (Jd.1.12).

Mas, feliz a “pequena jerusalém” que tem bons pastores, composta de homens e mulheres submissos à Escritura. Dentro de seus muros haverá paz e suas festas cheias de vivas de júbilo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s